Desenvolvimento emocional da criança por meio do ensino mediado por arte: uma revisão da literatura

  • Brenda Lara Silva Borges
  • Renata Magalhães Naves
Palavras-chave: Emoções, desenvolvimento, compreensão emocional, arte, crianças

Resumo

O presente estudo se trata de uma revisão da literatura sistemática que busca a partir de artigos empíricos, analisar como as pesquisas têm abordado a contribuição da arte para o desenvolvimento das emoções em crianças. As emoções são um constituinte fundamental do desenvolvimento humano, pois na relação do indivíduo com o contexto social, elas possibilitam a atribuição de significado aos objetos, fenômenos e às pessoas. A construção da percepção de mundo da criança se dá por meio das interações sociais e, os artefatos culturais, mais especificamente a arte, apresentam um modo de endereçamento entre a pessoa e suas narrativas. O universo simbólico encontrado nessas narrativas gera a possibilidade de a criança recontar suas próprias vivencias pessoais. Esta pesquisa foi conduzida por meio das plataformas CAPES, BVS, BDTD e Dimensions, resultando na análise de 10 estudos, que se destinam de modo geral a trazer uma perspectiva relacionada a compreensão do desenvolvimento emocional através do ensino por meio da arte, sendo delineados a partir de grupos de crianças em idade escolar ou pré-escolar. Os resultados apresentaram que a arte promove uma conexão entre a pessoa e sua realidade contextual, se tornando uma ferramenta que conciliada a aprendizagem, facilita a representação, o reconhecimento e compreensão emocional, a expressividade, consciência individual e coletiva, permitindo externalizar emoções, pensamentos e experiências subjetivas. Demonstrando uma eficácia do uso da arte como meio de intervenção, auxiliando no processo de compreensão emocional em crianças, levando em consideração que, o modo como a criança irá experienciar seu emocional pode impactar em diversos campos de sua vida. Observou-se com esta pesquisa a necessidade de investigações mais aprofundadas referentes a aplicações em campo, pois os artigos voltados à população infantil, principalmente no que se refere à compreensão das emoções e à utilização de recursos artísticos, mostram-se ainda escasso.

 

Publicado
2021-02-18
Seção
Psicologia e Educação